Dec 10, 2011

Meu tempo é quando

.


Tomar, Abril de 2011
Leica M4 + Summicron 35mm



"Poética" - Vinicius de Moraes


De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.


A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contem
Passo por passo;
Eu morro ontem


Nasço amanhã
Ando onde há espaço;
- Meu tempo é quando.


.


1 comment:

  1. O tempo é sempre um quando...
    Gostei muito da fotografia. Tomar é um local que muito acarinho, é especial!
    :)

    ReplyDelete